65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

CARROS E MOTOS

Toyota investirá US$ 1,8 bilhão para produzir carros elétricos

Publicados

CARROS E MOTOS

Akio Toyota, presidente do grupo Toyota, durante anúncio de futuros modelos das marcas Lexus e Toyota
Divulgação

Akio Toyota, presidente do grupo Toyota, durante anúncio de futuros modelos das marcas Lexus e Toyota

A Toyota é conhecida por ter sido a primeira fabricante de massa a comercializar um veículo híbrido, o Prius. O modelo chegou ao mercado com um trem de força híbrido em 1997 e está no mercado até hoje.

Agora, muitas fabricantes já mudam seus alvos para os carros 100% elétricos . Há algumas que sem nem pensam mais em veículos híbridos . E a Toyota  realmente não pretende ficar para trás nessa corrida pela mobilidade limpa.

Hoje, o único veículo 100% elétrico oferecido pela Toyota é o SUV bZ4X, mas o modelo é apenas o começo de uma nova fase da fabricante. O início da nova etapa é o investimento de US$ 1,8 bilhão na Indonésia para a construção de uma fábrica exclusiva para elétricos.

A decisão da Toyota pela Indonésia é baseada em estratégia. O país asiático possui um subsolo rico em níquel, um dos metais necessários para a produção de baterias de íons de lítio. Construir uma fábrica no país reduziria os custos de produção das baterias, e consequentemente, dos carros.

O ministro da Economia do país, Airlangga Hartarto, acredita que a demanda por veículos elétricos irá crescer consideravelmente na região do Sudeste Asiático. Diante disso, deter uma fábrica desse segmento no país, é benéfico.

Ainda mais quando se leva em conta o objetivo do governo indonésio é vender apenas veículos elétricos a bateria (BEVs) até 2050. O país também planeja que, em 2030, a frota circulante no país seja composta de pelo menos 2,2 milhões de carros elétricos , e 13 milhões de motocicletas elétricas .

A Toyota não é a única fabricante automotiva de olho na Indonésia. Hyundai e Mitsubishi também observam a situação do país, visando realizar investimentos estratégicos.

A LG Energy Solutions, divisão da empresa de tecnologia sul-coreana voltada para novos negócios relacionadas à energia, também se interessa muito pelo níquel indonésio.

A Toyota não revela seus planos de futuros modelos, mas o presidente da fabricante já divulgou uma imagem com conceitos de carros elétricos. Entre modelos Toyota e Lexus , estão sendo planejados 15 novos veículos. 

Recentemente, a fabricante mostrou um utilitário compacto, batizado de Compact Cruiser, que poderá se aproveitar do sucesso de modelos como Ford Bronco e Land Rover Defender e é esperado para 2024.

Além disso, rumores apontam que a fabricante se prepara produzir um esportivo sucessor do MR2 e um supercarro de luxo sucessor do icônico Lexus LFA.


Fonte: IG CARROS

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CARROS E MOTOS

BMW abre nova linha de produção para módulos de bateria na Alemanha

Publicados

em

Baterias do BMW i4 são produzidas em Leipzig e apontam para um novo capítulo da nova era da mobilidade
Divulgação

Baterias do BMW i4 são produzidas em Leipzig e apontam para um novo capítulo da nova era da mobilidade

A BMW inaugura a sua segunda linha de produção de módulos de baterias elétricas na planta de Leipzig, na Alemanha. A expansão da capacidade da fábrica é resultado de um investimento de 70 milhões de euros.

A fábrica de Leipzig é responsável pela produção dos módulos de baterias que o BMW i4 utiliza, e a nova linha de fabricação ocupa o espaço onde era produzido o BMW i3 , descontinuado no fim de junho .

 “O lançamento da segunda linha de produção de módulos de bateria de Leipzig é uma contribuição importante para fornecer os componentes de bateria necessários para fabricar um número crescente de veículos eletrificados”, disse Markus Fallböhmer, Head de Produção de Motores e E-Drive do BMW Group .

A planta de Leipzig passou a produzir módulos de baterias em Maio do ano passado, fabricando os módulos do SUV iX , e agora, cada módulo de bateria da i4 passará por 196 estações de produção, antes de ser concluído.

A produção das baterias para os carros elétricos do Grupo BMW é dividida em duas etapas: Produção dos módulos e montagem da bateria de alta voltagem.

A primeira etapa consiste em um processo automatizado de limpeza com plasma das células de íon-lítio, após isso, as células passam por um revestimento especial e então são combinadas em módulos maiores.

Quando concluído, o módulo é colocado em uma estrutura de alumínio, junto com conectores que controlam a energia e resfriamento de toda a unidade.

Para a BMW é importante ter a produção dos módulos “em casa” já que a quantidade de módulos necessários para produzir uma bateria depende até da versão do modelo produzido.

Atualmente, a fábrica emprega mais de 700 funcionários , e a nova linha ainda irá criar mais 250 novos empregos na região. A BMW ainda planeja aumentar a fábrica num momento próximo.

A fabricante possui um plano de expansão para a planta de Leipzig, e irá produzir também motores elétricos, podendo ser responsável por todo o trem de força de um modelo elétrico do Grupo BMW.

Nesse sentido, os investimentos em Leipzig passam também pela produção dos módulos de baterias do sucessor do Mini Countryman . O novo SUV da Mini terá opção 100% elétrica, e irá se beneficiar da estrutura presente em Leipzig.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

MAIS LIDAS