65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

Sorriso

Sorriso abre agendamento para imunização infantil contra a co…

Publicados

Sorriso


Inicialmente, a Secretaria de Saúde prevê a abertura de dois pontos exclusivos para a imunização das crianças contra a covid-19, nos PSF’s do Jardim Bela Vista e São Domingos por agendamento. Nesses locais não serão mais aplicadas vacinas de rotina. “Essa é uma das prerrogativas do Ministério da Saúde: as vacinas covid pediátricas não devem ser aplicadas no mesmo ponto em que as de rotina; além disso, não podem ser aplicadas em salas volantes”, explica o secretário-adjunto da pasta, Devanil Barbosa.

O gestor frisa ainda que há algumas peculiaridades no imunizante. “Primeiro: foi desenvolvido exclusivamente para o público infantil; além disso a dose aplicada é menor, de 0,2 ml (em adultos é de 0,3 ml) e a concentração da medicação equivale à 30% do imunizante adulto”, destaca

Outras recomendações também precisam ser observadas: além do cartão de vacinação é preciso que os pais ou responsáveis pelas crianças levem o CPF dos pequenos. Pais cujos filhos não tenham CPF é só procurar uma agência dos Correios para a confecção. “Os pais também podem verificar a certidão de nascimento dos filhos, desde 2014 o número consta na certidão”, lembra o secretário de Saúde, Luís Fábio Marchioro. Outra recomendação é a mesma já conhecida dos adultos: caso haja uma reação é só procurar uma unidade de saúde.

A imunização dos pequenos iniciou ainda na terça-feira (18), contemplando crianças portadoras de comorbidades (doenças cardíacas, diabetes, que realizam quimioterapia e outras situações de acompanhamento contínuo) e deficiências permanentes. Quem integra esse público e não compareceu nos dois dias (18 e 19) de livre demanda, os pais ou responsáveis podem ligar no 3545-8001 para agendamento. No caso de crianças com comorbidades, há necessidade de apresentação do laudo médico. A segunda dose é aplicada em oito semanas.

Entre os dois dias de livre demanda foram imunizadas 26 crianças. “Obviamente que essa é uma decisão dos pais (imunizar ou não); porém, pedimos que todos busquem informações seguras, em sites oficiais como o da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e não se baseiam em conversas de whatsapp para a decisão. Outra opção é procurar o pediatra da criança para tirar dúvidas. Entre os 26 imunizados não tivemos relatos de reações”, frisa Luís Fábio. 

Até o momento, Sorriso recebeu 610 doses pediátricas, o que equivale à 5,6% do total estimado pelo MS para o Município que é de 10.299 crianças de 5 a 11 anos de idade.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sorriso

Sorriso oferta vacina contra a gripe para a população acima d…

Publicados

em

Conforme o gestor da pasta de Saúde e Saneamento, Sílvio Stolfo, o Município deve ter em torno de 10 mil doses em estoque. “A vacina contra a gripe está à disposição em todos os 28 PSFs do Município, basta procurar as salas de vacina das 7h30 às 10h30 pela manhã e à tarde das 13h30 às 16h30”, reforça o secretário.

Sílvio pontua que a vacina deste ano já protege contra a cepa H2N3, responsável pelo surto de gripe em várias regiões brasileiras no fim de 2021/início de 2022. “Precisamos ressaltar que ela protege contra essa cepa e as passadas também”, explica.

Para o secretário, a maior preocupação é com as gestantes, crianças, e idosos que integram o público-alvo e ainda não alcançaram a cobertura vacinal prevista. “Esse é um público muito suscetível a contrair gripe e ter complicações”, alerta. “Então caso você seja familiar de alguém desse público que ainda não foi imunizado, procure uma das salas o quanto antes”, pontua.

Dados 

Nesta segunda-feira passada (27), a procura pela vacina da gripe continua baixa. No geral, somados todos os grupos, a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é imunizar 23.945 sorrisenses contra a gripe. Especificamente 19.373 dessas pessoas integram o público-alvo formado por crianças; gestantes, idoso, professores, puérperas e trabalhadores da saúde. Contudo, somente 13.714 pessoas do público-alvo forma imunizadas no Município.

Apenas um desses grupos alcançou e ultrapassou a meta inicial: são os professores que seguiram à risca o dever de casa e buscaram a imunização. Da meta inicial que era imunizar 1.205 profes, o Município já imunizou 1.373 educadores.

Já nos demais grupos, os números estão bem abaixo da média. No relatório desta segunda 5.037 crianças foram imunizadas; desse total 1.250 receberam a primeira dose. Os números estão baixos também quando trata-se de gestantes: a meta é imunizar 1.470 e até o momento apenas 1.008 procuraram atendimento. Em relação aos idosos, 4.431 foram imunizados quando a meta estabelecida era de 7.178. Já entre as puérperas – mulheres até 45 dias após o parto; os números são ainda mais baixos: apenas 151 mulheres do total estabelecido em 242 pacientes foi imunizado. E do total de 1.854 trabalhadores da saúde, 1.714 foram imunizados.

Sarampo

Vale lembrar também que a vacina contra o sarampo está disponível tanto para os trabalhadores da saúde quanto para crianças de seis meses a menores de cinco anos (4 anos 11 meses e 29 dias). A expectativa é imunizar 7.665 crianças contra o sarampo; o mesmo número geral de pequeninos que deve ser imunizado contra a gripe e os 1.854 trabalhadores da saúde.

Continue lendo

MAIS LIDAS