65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

Lucas do Rio Verde

Sine Lucas do Rio Verde auxiliou na contratação de mais 2.200 pessoas no ano passado

Publicados

Lucas do Rio Verde


O relatório anual de contratações do Sistema Nacional de Emprego (Sine) em Lucas do Rio Verde contabilizou 2.255 pessoas colocadas no mercado de trabalho na cidade nos 12 meses de 2021. No relatório do ano anterior, 2020, o Sine contabilizou 1.200 colocados no mercado. 

O saldo de empregos do ano apontado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foi de 2.513, enquanto no ano anterior, em 2020, quando houve o início da pandemia, o saldo de empregos foi de 710. 

O saldo de empregos é quando o número de admissões supera o número de desligamentos no período avaliado. 

Os dados do Sine se referem aos trabalhadores que conseguiram emprego por intermédio do sistema em dada localidade, com unidades de encaminhamento em todo o país. 

Enquanto os dados Caged são elaborados por meio de relatórios que possibilitam a investigação de todos os estabelecimentos declarantes, com possibilidade de rastrear o histórico de cada um deles, identificando aqueles que impactaram em cada subsetor por Unidade da Federação. 

De acordo com o relatório do Sine, em 2021, um total de 9.285 pessoas foram encaminhadas para as empresas no município. Foram ofertadas 3.218 oportunidades de trabalho. O número de inscritos, que representa novos cadastros de pessoas no Sine, foi de 2.135. 

Na região Centro-Oeste, o Caged registrou saldo positivo nas contratações do último ano, com a criação de 285.498 novos postos de trabalho, frente ao saldo de 7.318 empregos gerados em 2020, ano de início da pandemia. 

O estado de Mato Grosso contabilizou o saldo positivo de 71.884 novas vagas no ano passado, enquanto em 2020 o saldo relativo às admissões e desligamentos foi de 9.219. O crescimento refletiu majoritariamente nos setores de serviços, comércio, construção, respectivamente, seguidos da indústria e a agropecuária. 

Sobre o SINE

O Sine é uma ferramenta do Ministério do Trabalho que facilita a intermediação da mão de obra com o empregador. Por meio das vagas captadas junto a empregadores, o sistema reduz o tempo de espera. Além disso, o Sine realiza o intermédio entre a vaga e o candidato, facilitando a seleção ao empregador.

O atendimento é gratuito tanto para a empresa como para o trabalhador. Para anunciar vagas, as empresas devem procurar o Sine e realizar o preenchimento do formulário.

Em Lucas do Rio Verde, o Sine está localizado na Galeria Central de Serviços, na Avenida Paraná, nº 766 S, próximo à Avenida Goiás, no Centro. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h. 

Os candidatos devem apresentar documentos pessoais: RG, CPF, carteira de trabalho e levar também currículo atualizado. Estão sendo disponibilizadas 100 senhas por dia.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Lucas do Rio Verde

Jornada Extraordinária e Núcleo de Violência Doméstica contribuem para resolução de inquéritos

Publicados

em

Inquérito policial apresentado, nesta semana, aponta a efetividade do Núcleo de Atendimento à Criança, Adolescente, Idoso e Mulher. A unidade é resultado de uma parceria da Prefeitura de Lucas do Rio Verde, por meio das secretarias de Segurança Pública e de Assistência Social e Habitação, e Polícia Judiciária Civil.

De acordo com a PJC, a Operação Impunidade Zero, que trata de casos de violência doméstica, deflagrada desde o dia primeiro de junho, resultou em 5 prisões em flagrante, 2 cumprimentos de mandados de prisões preventivas e a conclusão de 123 inquéritos.

Para o delegado Eugênio Rudy, responsável pelo Núcleo, as prisões diminuem a impunidade no município. “Para nós é muito importante a conclusão desses procedimentos porque ela inibe a persistência dos agressores”.

Janice Ribeiro, secretária de Assistência Social, destaca que o bom desempenho da unidade é reflexo do esforço humano da Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica. “Em menos de um ano de inauguração, o Núcleo mostra que faz a diferença na sociedade, não só pela resolução dos casos, mas também pelo apoio psicossocial às vítimas. Nesse sentido, as mulheres se sentem mais encorajadas a fazer a denúncia”, disse Janice.

O apoio da Prefeitura também acontece por meio do programa Jornada Extraordinária, que remunera os agentes que atuam nos horários fora do expediente convencional. O projeto foi criado por meio da Lei nº 3.164/2021 e regulamentado pelo Decreto nº 5.505/2021. Estão incluídos no programa os agentes da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil e Corpo de Bombeiros. 

Para isso, os servidores devem prestar serviço por, no mínimo, quatro horas e, no máximo, 50 horas mensais, desde que compatível com a escala de serviço e de descanso obrigatório. Além disso, o militar estadual e o policial civil convocado para desempenho da jornada extra, não poderá executar carga horária diária superior a 6 horas diárias.

“A Jornada Extraordinária traz benefícios a toda a sociedade, especialmente quando se trata de violência doméstica, um tema relevante na atualidade”, finaliza o secretário de Segurança Pública, coronel Marcos Cunha, que também parabenizou as forças de segurança.

Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde – MT

Continue lendo

MAIS LIDAS