65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

CUIABÁ

Práticas Integrativas em Saúde trazem melhorias para a população cuiabana

Publicados

CUIABÁ


Davi Valle

Clique para ampliar

Em seus quatro primeiros meses de funcionamento, o ambulatório de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS), que funciona desde agosto de 2021 na unidade básica de saúde (UBS) do bairro Grande Terceiro, já realizou mais de 2 mil atendimentos. Este é o primeiro ambulatório de PICS na Atenção Primária à Saúde, idealizado pela gestão humanizada do prefeito Emanuel Pinheiro. 

As Práticas Integrativas e Complementares em Saúde são recursos terapêuticos que buscam a prevenção de doenças e a recuperação da saúde, com ênfase na escuta acolhedora, no desenvolvimento do vínculo terapêutico e na integração do ser humano com o meio ambiente e a sociedade. 

Apesar de estar com as atividades temporariamente suspensas por conta do decreto que determina medidas emergenciais de enfrentamento à Síndrome Gripal e Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), a unidade oferece práticas como Acupuntura, Aromaterapia, Auriculoterapia, Chi Kung, Cromoterapia, Imposição De Mãos (Reiki), Massoterapia, Terapia Com Florais, entre outras. 

“O PICS é um grande avanço na nossa saúde pública. Mas, estamos passando novamente por uma alta nos casos positivos de Covid-19 e também casos de síndromes gripais, que demandam atenção. Por isso, determinei que fossem adotadas algumas medidas de enfrentamento. Mas, esta situação é temporária e, se Deus quiser, em breve os casos vão diminuir e a rotina nas unidades voltarão ao normal”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

Entre os meses de agosto e dezembro de 2021, o ambulatório de PICS realizou 2.707 procedimentos. A faixa etária atendida variou entre 14 e 80 anos. Porém, o maior número de atendimentos foi realizado em pessoas entre 35 e 59 anos. As queixas mais comuns são ansiedade e depressão, seguida de dores articulares.

Uma das pacientes da unidade é a Ivana Guimarães, de 40 anos, que realiza o procedimento de Acupuntura Auricular há aproximadamente 3 meses. Ela relata diversas melhorias em sua saúde após o início do tratamento e elogia o atendimento prestado pelos profissionais do ambulatório. 

“Eu me surpreendi com a organização e, pincipalmente, com a abordagem dos profissionais. Eles se interessam em conhecer o histórico do paciente para saber se a terapia proposta será a ideal, se vai trazer um resultado interessante para o paciente, achei muito bacana. Inclusive, uma das grandes melhoras que eu tive foi no meu quadro de dores. Quando cheguei lá, eu apresentava um quadro de dores muito intensas, fazia o uso de vários analgésicos, mas depois que comecei a fazer a acupuntura auricular, praticamente eliminei os analgésicos”, relatou a paciente.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CUIABÁ

Vacinação contra Influenza para toda a população começa nesta terça-feira (28) em Cuiabá

Publicados

em

Toda a população acima de 6 meses de idade poderá receber a vacina da Influenza em Cuiabá a partir desta terça-feira (28). O Ministério da Saúde ampliou a vacinação contra gripe no último sábado (25) e a Secretaria Municipal de Saúde vai reabastecer todas as unidades básicas hoje com o imunizante.

De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Valéria de Oliveira, mesmo com a prorrogação da campanha contra Influenza até do dia 24 de junho, a cobertura vacinal continua muito baixa. “Nosso público alvo total da campanha é de cerca de 158 mil pessoas e conseguimos vacinar 31% desse grupo. A partir desta terça vamos liberar para toda a população e esperamos aumentar bastante a imunização contra a gripe”, disse Valéria.

Dentro dos grupos prioritários, o que teve maior cobertura foi o dos idosos, com 36,8%, seguido por profissionais da saúde, com 29,3% e crianças, com 26,5%. Os demais grupos não chegaram a atingir 20% de cobertura vacinal. “Recebemos para esta campanha pouco mais de 214 mil doses e ainda temos em estoque cerca de 100 mil. Infelizmente acabamos perdendo várias doses pelo fato de abrirmos o frasco e não aparecer mais pessoas para serem imunizadas”, comentou a coordenadora.

Todas as unidades básicas de saúde aplicam a vacina contra a Influenza, com exceção daquelas onde é aplicada a vacina de Covid para crianças (UBS Quilombo, UBS Jardim Vitória I, UBS Parque Cuiabá, UBS Pedra 90 I e II e UBS da Guia). A vacina protege contra a Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B. Não é preciso fazer intervalo caso a pessoa tenha se vacinado contra a Covid.

Continue lendo

MAIS LIDAS