65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

Mulher

Por que se benzer?

Publicados

Mulher


source
Por que se benzer?
Cris Meinberg

Por que se benzer?

Foram criados vários mitos e tabus com relação à cultura do benzimento. Há quem diga até que o ato de benzer deveria ser transmitido hereditariamente. 

Há muito tempo, este dom era passado apenas pela mãe para a filha, da avó para a neta ou de pai para filho e por aí vai. Se falava também da tradição cruzada, que seria o conhecimento desta cultura passada de uma mulher para um homem da família ou vice-versa.

JÁ CONFERIU O SEU  HORÓSCOPO  HOJE? NÃO?! DESCUBRA TUDO O QUE PODE ROLAR NO SEU DIA E AS TENDÊNCIAS ASTRAIS PARA O SEU SIGNO, AGORA!

Hoje, sabemos que muitas pessoas podem não ter recebido diretamente de sua família os ensinamentos, mas que carregam em seu DNA ou de alguém entre os parentes, o dom de cura (de benzer!).

JÁ PAROU PARA PENSAR QUE TALVEZ A SUA TATARAVÓ, TENHA SIDO UMA BENZEDEIRA?

Portanto, todos nós possuímos o chamado dom de benzer (já que somos capazes de BENDIZER). Possuímos, dentro da nossa existência, a possibilidade de conhecer o viés das MEDICINAS NATURAIS, gravadas em nossa essência.

Antigos mitos e tabus estão caindo por terra, dando lugar à diversidade e disponibilidade de conhecimento universal, e este conhecimento está aberto para todas as pessoas que “escutam o chamado”. 

Será que você não está escutando este chamado também? Aliando este conhecimento ancestral, juntamente com a humildade, amor, simplicidade, força da palavra e conhecimento dos elementos da natureza, que todas as benzedeiras e benzedores tiveram no passado?

As benzedeiras(os) movimentam a energia da natureza em favor da pessoa que é benzida, direcionando para os ramos das plantas e objetos utilizados, os desequilíbrios da pessoa necessitada.

VOCÊ SABE O QUE É O POPULAR MAU-OLHADO OU OLHO GORDO?

Será que você está sofrendo de quebranto? 

Mau-olhado ou olho-gordo são os causadores do conhecido quebranto. Podemos citar a inveja, cobiça e o desejo que o outro tem de ter o que você tem, que são os causadores dos desequilíbrios energéticos. Se estamos mais fragilizados com certos problemas da vida, nossa energia desequilibra e consequentemente, podemos estar com a nossa “guarda aberta”, e abertos para as energias negativas.

BANHO PARA QUEBRAR ENERGIA NEGATIVA

Aqui, ensino um banho básico, para você tomar caso esteja com olho-gordo ou mau-olhado.

Leia Também

Ferva 1,5 litro de água, coloque dois galhinhos de arruda fresca e  dois galhinhos de manjericão fresco. Conte até cinco e desligue a água. Abafe por 15 minutos e deixe esfriar na temperatura ideal.

Tome seu banho higiênico e, em seguida, despeje no topo da sua cabeça o banho de ervas. Não entre mais no chuveiro, apenas enxugue levemente com a toalha ou deixe secar naturalmente.

Lembre-se de concentrar-se desde o início, pedindo para que toda energia negativa que esteja com você seja levada por água abaixo e que venha o seu equilíbrio energético.

Após o banho, recolha do chão as ervas, colocando num saquinho plástico e dispensando no lixo. 

Não encoste nas ervas após o banho de descarrego.

Gostou dessa Dica da Benzedeira? Então compartilhe com mais pessoas. 

Cris Meinberg – Terapeuta da Alma & Benzedeira de Ancestralidade (@cris_meinberg  @benzerbemser)

LEIA TAMBÉM:

  • Mente poderosa: saiba como realizar seus desejos
  • Meditação poderosa: adote esse hábito necessário

    O poder da mente de cada signo: descubra o seu dom

    Fonte: IG Mulher

    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Mulher

    Plataforma ajuda pessoas que buscam relacionamento ‘sugar’

    Publicados

    em

    source
    Plataforma proporciona que 'sugar daddies' e 'sugar babies' se encontrem
    Pixabay

    Plataforma proporciona que ‘sugar daddies’ e ‘sugar babies’ se encontrem

    Os padrões de relacionamento mudaram muito ao longo dos anos e hoje em dia é possível viver relações de diversas formas, com diferentes tipos de acordos e interesses. Uma das experiências afetivas mais questionadas e problematizadas é a relação ‘sugar’. Nela, um dos parceiros tem uma situação econômica estabilizada, leva um padrão de vida alto e deseja proporcionar este conforto para quem está se relacionando.

    Em contrapartida, a outra pessoa da relação prioriza este status como um dos pontos principais para se relacionar e essa condição fica clara para quem pode proporcionar esta experiência. Com os diversos tipos de plataformas de relacionamentos disponíveis hoje em dia, é possível encontrar aplicativos específicos para quem busca um busca ‘sugar daddy’ ou um ‘sugar baby’ para chamar de seu. A maquiadora e importadora de jóias, Lara Cristin, 22, é uma ‘sugar baby’ e usa a plataforma Meu Patrocínio para se envolver com homens mais velhos que possam lhe proporcionar experiências de luxo.

    Ela conta que a maior motivação para usar o serviço foram as más experiências que teve em relações no passado.

    “A frustração que a gente vive nos relacionamentos hoje em dia é a minha maior motivação para utilizar a plataforma. Ninguém leva a nada sério, parece que está tudo tão supérfluo, então prefiro manter as relações que o Meu Patrocínio me proporciona”, diz.

    A maquiadora completa dizendo que se sente mais valorizada hoje em dia pelas experiências que já viveu devido a plataforma. “Eu considero que sou uma mulher que mereço o melhor, mereço conhecer pessoas legais e na plataforma é tudo muito direto, você conhece pessoas que vão se esforçar para te conquistar. Eu não gosto de homem mais novo. Quando estou em festas e aparece um homem mais velho, minhas amigas já falam: ‘olha lá, seu número'”, brincou Lara.

    Para especialista é preciso quebrar estereótipos sobre relacionamentos sugar
    Pixabal

    Para especialista é preciso quebrar estereótipos sobre relacionamentos sugar

    Segundo dados do Meu Patrocínio, a plataforma já conta com mais de 2.8 milhões de usuários sendo estes 1.8 milhão de sugar babies femininos, 638 mil babies masculinos, 279 mil sugar daddies e 48 mil sugar mommies. Para o diretor de comunicação de relacionamento da empresa, Caio Bittencourt, é preciso desmistificar alguns tabus sobre a relação sugar. “Estamos acostumados a lidar com estereótipos a todo tempo, como por exemplo, onde pessoas bonitas são consideradas fúteis, pessoas ricas arrogantes, mulheres solteiras que se apaixonam por alguém com estabilidade financeira interesseiras, e por aí vai. É importante desmistificar estes preconceitos”, diz.

    Caio complementa dizendo que um ‘sugar daddy’ não necessariamente será um homem mais velho e que este estereótipo precisa ser quebrado. “É importante frisar que especialmente nesta era digital em que vivemos, muitas pessoas conseguem fazer fortuna ainda enquanto jovens. Existem ‘daddies’ que são herdeiros, empresários talentosos que alcançaram muito sucesso precocemente ou investidores, por exemplo”, comenta o diretor. O comandante de empresa aérea, Marco Antonio Saeger Marinho, 60, é um exemplo de ‘sugar daddy’ que utiliza a plataforma. Ela conta que já viveu tanto experiências positivas quanto negativas utilizando o serviço. “Já tive contatos agradáveis e desagradáveis. Em um encontro que eu tive no passado, a pessoa não era a mesma da foto, mas hoje em dia a plataforma já se previne melhor sobre isso”, diz. Ele completa dizendo que já conseguiu viver relacionamentos estáveis a partir da plataforma, mas que eles “terminaram porque tudo tem seu tempo”.

    O comandante ainda dá dicas para quem quer usar uma plataforma de relacionamento de forma segura. “Depois de ver que tem uma afinidade durante uma conversa inicial na plataforma, eu parto para um aplicativo de conversa privado e depois faço uma videoconferência, antes de marcar um encontro presencial. São passos importantes para eu me certificar que não estou entrando em uma ‘roubada'”, finaliza.

    Fonte: IG Mulher

    Continue lendo

    MAIS LIDAS