65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

Policial

Polícia Civil de MT recupera valores subtraídos de três vítimas de golpes pela internet

Publicados

Policial

Mais três vítimas de crime de estelionato por meio eletrônico, registrados em Mato Grosso e na Bahia, tiveram os valores recuperados pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI), na quarta-feira (22.06).

Na primeira ocorrência, a vítima de 77 anos procurou a Delegacia Territorial de Irará, no estado da Bahia, para comunicar os fatos. O comunicante relatou que havia caído em um golpe pela internet e realizado duas transferências via PIX, no valor total de R$ 9,2 mil.

No entanto, a Polícia Civil foi acionada tendo em vista que uma das contas bancárias indicadas pelo golpista havia sido aberta em Mato Grosso. Diante das informações, os policiais civis da DRCI conseguiram bloquear o dinheiro subtraído da vítima.

A outra vítima de 70 anos e moradora no bairro Grande Terceiro, compareceu na 1ª Delegacia de Polícia de Cuiabá, informando que recebeu uma mensagem pelo aplicativo do WhatsApp de um perfil usando a foto do filho.

Na conversa o suspeito solicitou dinheiro no valor de R$ 790, sendo feito a transferência bancária. Entretanto, pouco tempo depois a mesma pessoa pediu mais R$ 1,8 mil, só então ele percebeu que se tratava de um golpe.

Logo que informadas sobre o caso, a DRCI conseguiu recuperar por meio de bloqueio bancário, parte do valor subtraído do idoso.

A terceira recuperação foi após o boletim de ocorrência registrada na 1ª Delegacia de Polícia de Várzea Grande, na tarde de quarta-feira (22.06). A vítima de 36 anos e moradora do bairro Água Vermelha, narrou que viu um anúncio no site da OLX de venda de um veículo.

O automóvel modelo Prisma estava sendo oferecido pelo valor de R$ 50 mil, e interessado o comunicante fez contato no celular informado na propaganda, e passou a conversar com uma mulher que se apresentou como sendo a proprietária do carro.

A dona do Prisma alegou que o veículo estava no nome de um parente, mas a negociação era com ela mesma. Então, a vítima chegou a ver o carro e em seguida efetuou duas transferências nos valores de R$ 20 mil e R$ 15 mil respectivamente. Logo após realizar os pagamentos a mulher bloqueou a vítima.

A DRCI entrou em contato com os Setores de Antifraude das instituições financeiras e conseguiu bloquear os valores subtraídos.

As investigações continuam visando identificar os autores dos crimes virtuais cometidos em desfavor das vítimas.

Fonte: PJC MT

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Cinco pessoas são presas pela PM e mais de 100 porções de drogas apreendidas em Cuiabá

Publicados

em

Policiais militares prenderam em flagrante quatro homens, com idades entre 26 e 62 anos, por tráfico ilícito de drogas e apreenderam mais de 100 porções de substância análoga a cocaína, no final da noite desta sexta-feira (24.06), em Cuiabá. Ainda na ocorrência, uma mulher de 26 anos foi presa por ameaça e desacato, e mais de R$ 4,2 mil em dinheiro foram apreendidos.

Conforme o boletim de ocorrência, por volta de 23h40, durante patrulhamento tático pela Operação Impactus, as equipes formadas pelo Grupo de Apoio (GAP) do 24º Batalhão da PM e do 10º Estágio de Qualificação de Sargentos (EQS) visualizaram um homem arremessando alguns pacotes para dentro de um estabelecimento, e uma segunda pessoa tentando guardar um carro no local.

De imediato foi iniciado procedimento de abordagem aos suspeitos, sendo encontrado com um dos homens três porções pequenas de cocaína. Em checagem ao veículo que o segundo suspeito tentava guardar, foram visualizadas uma porção grande de maconha e diversas porções de cocaína, que foram apreendidas.

No local, os policiais militares também abordaram outros dois homens, ligados aos criminosos que já haviam sido detidos. Em revista pessoal ao terceiro suspeito, foi encontrado a quantia em dinheiro de R$ 4.239,00 reais. 

Questionado sobre o valor, o homem revelou que o montante era proveniente de golpes de vendas por aplicativos, que eram realizados junto com um quarto suspeito, que também foi abordado e detido pela PM.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, no momento da condução dos quatro suspeitos, uma mulher, que seria esposa de um dos homens, apareceu em uma motocicleta Biz e começou a desacatar e ameaçar os policiais militares que realizavam a ação. 

Em revista aos documentos pessoais da suspeita, foi verificado que ela não possuía CNH e que a motocicleta estava sem licenciamento, tendo sido a mulher também detida e o veículo apreendido.

Diante dos fatos, os cincos suspeitos foram encaminhados para a Central de Flagrantes junto com todo o material apreendido, para registro da ocorrência e demais providências cabíveis referentes ao caso.

Disquedenúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Fonte: PM MT

Continue lendo

MAIS LIDAS