65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

Policial

PM prende três pessoas por tráfico de drogas e apreende 15 kg de maconha

Publicados

Policial


Policiais militares prenderam dois homens, de 23 e 26 anos, e uma mulher, de 19 anos, por tráfico de drogas e associação ao tráfico, no final da tarde desta quinta-feira (20.01), em Sinop. Com os suspeitos, a PM apreendeu 15 kg de substância análoga à maconha, localizadas em uma residência.

Por volta de 17h40, a equipe de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (Raio), foi informada pela Agência Regional de Inteligência (ARI), sobre uma suspeita, que teria recebido um pacote de drogas de um outro homem, no bairro Jardim das Violetas. Em abordagem, policiais localizaram um tablete de maconha dentro da bolsa da mulher.

Questionada sobre quem teria entregue a droga, a suspeita informou o nome do homem e que ele era monitorado por tornozeleira eletrônica. Os policiais buscaram a localização do suspeito e o encontraram em sua residência, no mesmo bairro, com posse de R$ 750,00 em dinheiro. 

O suspeito foi perguntado sobre onde estariam os entorpecentes e apresentou a residência do terceiro suspeito, na mesma rua. No local, os policiais encontraram o suspeito e localizaram sete tabletes inteiros, três meios tabletes e nove porções grandes, todas de substância análoga a maconha. Diante dos fatos, o trio recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Delegacia de Sinop, junto com as drogas apreendidas.

Disque-Denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

 
Fonte: PM MT

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Polícia Civil cumpre 23 mandados para apurar arremessos de drogas e outros objetos em penitenciárias

Publicados

em

Vinte e três ordens judiciais relacionadas a investigações de tráfico de drogas e associação para o tráfico em penitenciárias da região metropolitana são cumpridas pela Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira (30.06), na Operação Tiradentes, deflagrada pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) e Sistema Prisional. 

Na ação integrada, são cumpridas 10 ordens de busca e apreensão nas cidades de Cuiabá e Várzea Grande e outros 13 mandados de busca e apreensão no interior das unidades prisionais.

As investigações em andamento na DRE têm foco em ações criminosas recentes envolvendo arremessos de drogas, celulares e outros objetos na Penitenciária Central do Estado (PCE) e Penitenciária Feminina. 

A Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes recebeu nos últimos meses, uma grande demanda de denúncias e situações envolvendo condutas de tráfico de drogas e tentativas frequentes de lançamento de objetos e aparelhos celulares para o interior da Penitenciária Central do Estado, bem como da Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto.

Muitas dessas ações foram constatadas pelas equipes de policiais penais em trabalho de rondas e fiscalização preventiva nos arredores daquelas unidades. Em algumas situações, foi possível a prisão de suspeitos envolvidos com o lançamento de pacotes de drogas por cima dos muros da penitenciária e até mesmo com a utilização de “drones”.

Na ocasião, os envolvidos foram autuados em flagrante e investigados em inquéritos policiais. Diante dos fatos, foram iniciadas as investigações com objetivo de apurar os responsáveis diretos e indiretos por essas ações, seus vínculos, bem como a existência de eventuais beneficiários específicos dentre os internos do sistema prisional. 
As investigações demonstram que, a maioria dos lançamentos extramuro, estava direcionada a pátio relacionado a determinado raio junto a PCE, onde ficam presos considerados lideranças de organizações criminosas.

Com base nas apurações, a DRE deflagrou a Operação Tiradentes, com conjunto de ações e em atuações integradas, com policiais penais do GIR, da PCE. A operação conta com a participação de 60 policiais civis da DRE, Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema), Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol), Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá e 20 policiais penais. 

Durante a operação, também foi dado cumprimento ao mandado de prisão temporária em desfavor de uma detenta da Penitenciária Ana Maria do Couto May. A ordem judicial  foi expedia pela  5ª Vara Criminal da Comarca de Alta Floresta, nas investigações presididas pelo delegado. Thiago Berger

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MAIS LIDAS