65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

GERAL

Operação combate uso irregular de animais em espetáculos no Rio

Publicados

GERAL

A Polícia Federal e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) deflagraram, hoje (23), no Rio de Janeiro, a operação Ararat, que visa coibir o uso de animais em espetáculos e festas que desrespeitem as normas ambientais.

Cerca de 30 policiais federais e sete analistas ambientais cumprem quatro mandados de busca e apreensão, expedidos pela 41ª Vara Criminal do Rio, na capital e na cidade de Itaboraí, na região metropolitana.

Segundo a Polícia Federal, a investigação aponta a possibilidade da manutenção de animais com documentação irregular, alojamentos e alimentação inadequados para as espécies e restrição de espaço.

A operação foi deflagrada pela Delegacia de Repressão aos Crimes contra o Meio Ambiente e Patrimônio Histórico. Os investigados podem responder por crimes ambientais.

Edição: Kleber Sampaio

Fonte: EBC Geral

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GERAL

Funai utilizou R$ 691 milhões em ações de fiscalização em 2021

Publicados

em

A Fundação Nacional do Índio (Funai) empregou R$ 691 milhões em ações de fiscalização e coibição de crimes, tais como extração ilegal de madeira, atividade de garimpo, caça e pesca predatórias, e para garantir a segurança das comunidades indígenas. 

Segundo a Secretaria de Comunicação da Presidência da República, a execução orçamentária, que demonstra eficiência na aplicação dos recursos públicos, alcançou uma média de 97,7% nos últimos três anos da gestão atual. Em 2021, quase 99,5% do orçamento do Governo Federal para o órgão foi  efetivamente aplicado em políticas e ações de proteção aos indígenas. 

Mais de 30 grandes ações de fiscalização para proteção de terras indígenas foram realizadas, nos últimos três anos, em conjunto com diferentes parceiros, como Exército, Polícia Federal, Força Nacional, Ibama e ICMBio.

Vale do Javari

O governo federal também tem investido em ação de fiscalização para proteção dos indígenas e do meio ambiente na Terra Indígena Vale do Javari, no Amazonas. Essas ações foram ampliadas em mais de 100% desde 2019 em comparação com o período de 2016 a 2018.

Nos últimos três anos, foram investidos pelo Governo Federal R$ 10 milhões no combate à extração ilegal de madeira, atividade de garimpo, e caça e pesca predatórias.

O Governo Federal ampliou também as ações para promover a saúde dos indígenas por todo o país. Os atendimentos feitos pela Equipe Multidisciplinar de Saúde Indígena (EMSI) também foram ampliados em mais de 100%, nos últimos três anos. 

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Geral

Continue lendo

MAIS LIDAS