65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

BRASIL

Navio naufragado no Rio em 1913 é visto em praia com água cristalina

Publicados

BRASIL


source
Navio naufragiu em 1913
Reprodução

Navio naufragiu em 1913

A massa de ar quente que atingiu o Rio de Janeiro na última semana não trouxe ao estado apenas um calor escaldante, mas revelou também um navio naufragado há mais de um século. Com o mar cristalino, a praia da Reserva deixou à mostra o casco de um navio cargueiro que naufragou.

As imagens da embarcação afundada foram feitas por um helicóptero da TV Globo, quando sobrevoava a zona oeste da cidade. O cargueiro Workman era um navio a vapor e encalhou em 1913 na região. Toda a carga que estava a bordo acabou retirada pela Martinha e, tempos depois, a embarcação naufragou durante uma tempestade.

Um dos pontos mais evidentes nas imagens é a caldeira, ponto bastante usado por mergulhadores que visitam com frequência a região e fazem expedições nos restos do navio, que já havia sido avistado em 2014.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

BRASIL

Mourão sobre Braga Netto ser vice: ‘Bolsonaro gosta do trabalho dele’

Publicados

em

source
Vice-presidente, Hamilton Mourão
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Vice-presidente, Hamilton Mourão

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta segunda-feira que o presidente Jair Bolsonaro escolheu o ex-ministro Walter Braga Netto como candidato a vice para sua campanha à reeleição porque “gosta do trabalho dele”.

No domingo, Bolsonaro afirmou que deve “anunciar nos próximos dias” que Braga Netto será seu vice.

Para Mourão, a escolha não tem a ver com uma tentativa de conseguir o voto dos militares, já que o presidente já teria uma base consolidada nesse grupo. Tanto Mourão como Braga Netto são generais da reserva.

“Dentro do grupo militar o presidente já tem a base dele bem estabelecida. Mas o Braga Netto é, vamos dizer assim, é uma questão que o presidente gosta do trabalho dele.”

O vice-presidente disse que não tem mágoa pelo fato de Bolsonaro não o querer novamente como companheiro de chapa. Mourão deverá ser candidato ao Senado no Rio Grande do Sul.

“O presidente ele tem o livre arbítrio de escolher quem ele acha mais apropriado para o projeto de reeleição. E o Braga Netto vai agregar aí aquilo que ele acha que necessita.”

Mourão também disse que não pode afirmar se a decisão de Bolsonaro configura uma derrota do Centrão, já que não sabia se havia a preferência por outra pessoa. Nos bastidores, havia uma defesa da ala política da campanha para que a ex-ministra Tereza Cristina ocupasse o posto.

“Não sei, não sei qual era, se havia essa pressão realmente para que fosse outra pessoa candidata a vice. Não sei, não posso dizer isso.”

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Continue lendo

MAIS LIDAS