65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

Diversos

Covid: Brasil registra 3.321 mortes e 69.381 novos casos em 24h

Publicados

Diversos

Com o balanço desta terça-feira (20), país ultrapassa a marca de 14 milhões de pessoas que já foram diagnosticadas com a doença

O Brasil registrou, nesta terça-feira (20), 3.321 mortes por covid e 69.381 novos casos, de acordo com os dados enviados pelos estados ao Ministério da Saúde e ao Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde).

Com o balanço de hoje, o país contabiliza 378.003 mortes e 14.043.076 pessoas que já foram diagnosticadas com a doença. São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul são os estados com o maior número de óbitos,

De acordo com o Ministério da Saúde, o número de pessoas que já se recuperaram da doença no país é de 12.561.689.

Segundo o Conass, a taxa de letalidade do coronavírus no Brasil é de 2,7% e a taxa de mortalidade por cada 100 mil habitantes é de 179,9. A média móvel de óbitos nos últimos 7 dias é de 2.797 e a média móvel de novos casos é de 63.297.

Vacinômetro do R7 mostra que 27.053.723 pessoas receberam a primeira dose das vacinas contra a covid-19 no país, o que corresponde a 12,78% da população, sendo que 10.629.922 já receberam a segunda dose e estão completamente imunizadas.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Diversos

Apresentador Régis Queiroz prepara matéria especial com mestre oleiro Sr. Alvino de Rosário Oeste

Publicados

em

Sempre dedicado a cultura mato-grossense, o jornalista Régis Queiroz do programa Câmera Show estará visitando o município de Rosário Oeste, para gravar uma matéria especial com o Sr.Alvino Santana de Arruda.

A arte do mestre oleiro tão disputada e estruturada em quase todas as comunidades ribeirinhas foi diminuindo e com efeito existe atualmente apenas dois mestres oleiros em atividades em suas olarias no Pantanal, sendo Mestre Alvino um deles.

Guardador de um conhecimento tricentenário, mestre Alvino apesar de estar com a idade avançada 70 anos, e sem nenhum herdeiro direto interessado na continuidade de sua arte ainda resiste ao tempo mantendo sua olaria funcionando, mais por insistência e paixão pelo que faz do que por dinheiro, propriamente dito, diz ele “se eu parar acaba tudo”.

Contemplado pelo projeto Movimentar da Secretaria de Cultura, esporte e lazer onde a presente seleção pública visa fomentar projetos de ações culturais com o objetivo de fortalecer e reestruturar o setor produtivo dessas áreas em Mato Grosso, que estão sofrendo impactos causados pelas ações necessárias de contenção da pandemia da covid-19.

Fonte: Baixada News

Continue lendo

MAIS LIDAS