65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

ECONOMIA

Google abre vagas no Brasil e vai contratar 200 engenheiros até 2023

Publicados

ECONOMIA


source
Google quer dobrar equipe de engenharia no Brasil
Unsplash/Kai Wenzel

Google quer dobrar equipe de engenharia no Brasil

O Google anunciou nesta segunda-feira (24) que tem planos para dobrar o número de funcionários que atuam na área de engenharia no Brasil. Até o final de 2023, a expectativa da empresa é abrir 200 vagas em Belo Horizonte e São Paulo, havendo também opções de trabalho 100% remoto.

Atualmente, o Centro de Engenharia do Google no Brasil fica em Belo Horizonte, mas a empresa planeja investir também em uma força de engenharia na cidade de São Paulo.

“Hoje, o Brasil é um dos mercados mais importantes para nós, aparecendo entre os top 5 na lista dos nove produtos da empresa com mais de um bilhão de usuários. Investir em talento local nos ajuda a ter um ‘olhar brasileiro’ para esses produtos e, ao mesmo tempo, mostra para o mundo a capacidade inovadora dos nossos profissionais, já que estamos falando de soluções usadas globalmente”, afirma Fabio Coelho, presidente do Google Brasil.

O Google esclarece que as vagas para Belo Horizonte e São Paulo dá aos profissionais a possibilidade de atuarem de forma híbrida, indo três vezes na semana ao escritório. Além disso, há também oportunidades 100% remotas.

Além disso, a empresa possui um canal de inscrições para vagas dedicado exclusivamente para pessoas que se identificam como negras. “Acreditamos que o investimento em equidade racial e em inclusão no mercado de trabalho é urgente e deve ser responsabilidade de todas as organizações. Além disso, temos certeza que a representatividade de nossa força de trabalho permite criar produtos mais úteis para todas as pessoas”, afirma Daniel Borges, líder de Recrutamento do Google para América Latina.

Até o final de 2023, a equipe de engenharia do Google no Brasil irá saltar de 200 para 400 funcionários. Atualmente, algumas dessas vagas já estão abertas, sobretudo na área de engenharia da computação. As inscrições podem ser feitas através do site Google Carreiras , mesmo canal em que oportunidades futuras serão divulgadas.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ECONOMIA

Confiança da construção cresce 1,2 ponto em junho

Publicados

em

O Índice de Confiança da Construção (ICST), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), teve alta de 1,2 ponto de maio para junho deste ano. O crescimento veio depois de uma queda de 1,4 ponto, na passagem de abril para maio. Com isso, o indicador chegou a 97,5 pontos, em uma escala de 0 a 200 pontos.

Os dois subíndices que compõem o ICST tiveram alta. O Índice da Situação Atual, que mede a confiança do empresário da construção no presente, subiu 1,4 ponto e chegou a 93,9 pontos.

Já o Índice de Expectativas, que mede a confiança do empresariado da construção no futuro, aumentou 0,9 ponto e atingiu 101,2 pontos.

O Nível de Utilização da Capacidade (Nuci) da Construção subiu 1,1 ponto percentual e chegou a 77,1%.

Edição: Lílian Beraldo

Continue lendo

MAIS LIDAS