65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

BRASIL

Frota acusa Bolsonaro de aparelhar PF, COAF e MP: “Não sou ingênuo”

Publicados

BRASIL


source
Frota acusa Bolsonaro de aparelhar PF, COAF e MP:
Câmara dos Deputados

Frota acusa Bolsonaro de aparelhar PF, COAF e MP: “Não sou ingênuo”

deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) disse nesta quarta-feira (19) que não vai mais concorrer à reeleição na Câmara dos Deputados porque jura que está revoltado com o que chama de “acordos espúrios” feitos pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PL). Frota vai concorrer a uma vaga de deputado estadual em São Paulo para ficar mais perto de sua família e ver sua filha de dois anos crescer.

“Sempre soube que existiam acordos espúrios em Brasília. Mas não nesse grau e nesse conluio criminoso entre Bolsonaro e aquela gangue que montou. Ele usou inclusive as instituições e aparelhou ministérios, COAF, Polícia Federal e Ministério Público”, afirma o deputado, que continua:

“Não fiquei surpreso e nem sou ingênuo. Só fiquei de saco cheio.”

Eleito na onda do bolsonarismo em 2018 e com discurso inflamado antipetista, Frota acabou por romper com Bolsonaro e se tornou um crítico contumaz do presidente. Desde então, o deputado buscou refúgio no PSDB com apoio do governador de São Paulo, João Doria.

Leia Também

Disposto a novos voos, Frota diz que “também pensa no Executivo” e sugere que poderia concorrer até mesmo a uma vaga para a prefeitura, mas não deixou claro se em Cotia, na região metropolitana de São Paulo, onde mora atualmente, ou se na capital paulista.


“Tenho me dedicado muito às minorias, às pessoas carentes e aos idosos. Encontrei um caminho e uma vida fora daquela bolha que se tornou aquela Câmara. Penso muito também no executivo. Estou de mudança da minha cidade depois das eleições.”

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

BRASIL

Jantar de Lula para celebrar documentário arrecada R$ 2 milhões

Publicados

em

source
Jantar de Lula para celebrar documentário arrecada R$ 2 milhões
Reprodução

Jantar de Lula para celebrar documentário arrecada R$ 2 milhões

O jantar de advogados que terá a presença do  ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no próximo domingo servirá para celebrar o lançamento do documentário “Amigo secreto”, sobre a operação Lava-Jato. A diretora Maria Augusta Ramos deve estar presente no evento, que será realizado em um restaurante de São Paulo.

O encontro é organizado pelo Grupo Prerrogativas, que reúne profissionais do direito críticos à operação e simpatizantes do petista. Devem estar presentes advogados como Marco Aurélio de Carvalho, Pedro Serrano e Alberto Zacharias Toron, entre outros.

Parte dos integrantes do Prerrogativas ajudou a bancar o filme que trata do episódio que ficou conhecido como Vaza-Jato, o vazamento de conversas entre integrantes da força-tarefa da Lava-Jato. O documentário aborda o impacto político das investigações sobre corrupção na Petrobras e a anulação dos processos. Segundo o colunista Lauro Jardim, “Amigo secreto” foi o oitavo longa mais assistido nos cinemas do país entre os dias 16 e 19 deste mês.

Advogados que participam da organização do evento de domingo afirmam que o jantar não tem objetivos de arrecadação. Para entrar não será necessário comprar convites, dizem eles, tanto que foram convidados também defensores públicos e advogados de movimentos sociais.

Muitos dos que estarão presentes, porém, fizeram doações ao PT, que chegaram a a valores de até R$ 20 mil. Foram arrecadados cerca de R$ 2 milhões, que irão para o partido, já que a campanha de Lula ainda não pode receber recursos. As doações ocorreram dentro de uma campanha de arrecadação de recursos do PT voltada a categorias específicas de profissionais.

Além do ex-presidente, o seu vice, Geraldo Alckmin também deverá participar. Eles devem conversar com os presentes. Na terça-feira, Lula deve ter um outro jantar com advogados e empresários, também em São Paulo.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Continue lendo

MAIS LIDAS