65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

Tecnologia

Europa pode impedir que Google e Facebook direcionem alguns anúncios

Publicados

Tecnologia


source
Anúncios direcionados poderão passar por mudanças
Unsplash/Azamat E

Anúncios direcionados poderão passar por mudanças

O Parlamento Europeu aprovou, na última semana, um projeto de lei que proíbe que gigantes de tecnologia como Google, Amazon e Meta, direcionem anúncios utilizando informações sensíveis dos usuários. O projeto ainda precisa passar por outras etapas de aprovação para começar a valer.

Se aprovada, a chamada Digital Services Act (ou Lei de Serviços Digitais, em tradução literal), criada em 2020, vai impedir que informações como orientação sexual, raça e religião sejam utilizadas para segmentar propaganda na internet.

Diante disso, empresas como Google, Amazon e Meta terão que criar ferramentas para que os usuários desativem facilmente o rastreamento deste tipo de informação.

No mês passado, o Parlamento Europeu já havia aprovado outras duas regras referentes a essa lei: a proibição de anúncios direcionados para menores de idade e o banimento da utilização de dark patterns, técnica que induz usuários a concordarem com o compartilhamento de seus dados.

Leia Também

Se a lei for aprovada, o descumprimento das regras pode acarretar em multas de até 6% da receita global da empresa. As negociações com o Conselho Europeu para a aprovação da lei começam no dia 31 de janeiro.

Nos Estados Unidos, uma lei parecida começou a ser discutida. EUA e União Europeia costumam pautar discussões em outros países no que diz respeito à tecnologia, o que significa que é possível que projetos semelhantes sejam apresentados em outros territórios, como o Brasil.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tecnologia

JBL Pulse 5, com bateria grande, é aprovada pela Anatel

Publicados

em

source
JBL Pulse 5, com bateria grande e certificação IP67, é aprovada pela Anatel
Bruno Gall De Blasi

JBL Pulse 5, com bateria grande e certificação IP67, é aprovada pela Anatel

A Anatel deu o sinal verde para a venda de mais uma caixa de som Bluetooth da Harman no Brasil. É o caso da JBL Pulse 5, homologada pela Agência Nacional de Telecomunicações nesta sexta-feira (24). Entre os destaques do acessório, estão a bateria com promessa de longa duração e a proteção contra poeira e água.

O certificado solicitado pela Harman do Brasil é destinado ao produto de modelo “PULSE5”. Segundo o manual, que está anexado nos arquivos da Anatel acessados pelo Tecnoblog, trata-se da JBL Pulse 5. A caixa de som, vale lembrar, foi revelada durante a CES 2022, no começo de janeiro.

A documentação ainda dá outras pistas do gadget, como as unidades fabris na China e Vietnã. As fotos ainda revelam o formato de pílula, uma característica icônica da linha. Além disso, a Pulse 5 possui luzes coloridas, uma alça para segurá-la e certificação IP67, que atesta a proteção contra água e poeira.

Certificado de homologação JBL Pulse 5 (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Certificado de homologação JBL Pulse 5 (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

JBL Pulse 5: bateria promete 12 horas de duração

A ficha técnica oferece uma bateria grande, que garante 12 horas de reprodução de música, segundo um comunicado à imprensa da Harman divulgado em janeiro. Além disso, o dispositivo possui Bluetooth 5.3 e JBL PartyBoost. A caixa de som também conta com um novo design com um radiador passivo maior para graves mais profundos e um woofer melhor para médios.

Não há previsão de lançamento da JBL Pulse 5 no Brasil. No exterior, por outro lado, a caixa de som chegou às lojas por US$ 250 (cerca de R$ 1.315 em conversão direta).

No Brasil, a JBL Pulse 4 está à venda por R$ 1.599. 

Continue lendo

MAIS LIDAS