65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

Rondonópolis

Escola Rosalino recebe peça infantil sobre prevenção contra a COVID-19

Publicados

Rondonópolis

Os alunos da Escola Municipal Rosalino Antônio Silva, que fica no Cidade Alta, têm a oportunidade de assistir, na próxima segunda-feira (8), ao espetáculo “Ciência para uma Vida Melhor”, que levará a importante mensagem de conscientização às crianças e adolescentes sobre prevenção contra a Covid-19.  A atração gratuita é fruto de uma parceria firmada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed).

O espetáculo faz parte da turnê do projeto Diverte Teatro Viajante, idealizado pela Ciência Divertida, empresa especializada em promover atividades científicas interativas para crianças e adolescentes. 

Por meio de lei federal de incentivo à cultura,  a “Lei Rouanet, as apresentações do projeto que percorre o país de Norte a Sul contam com o apoio de uma empresa de agricultura e inovação tecnológica. Em Mato Grosso, além de Rondonópolis, estudantes de Campo Novo do Parecis e Campo Verde também têm oportunidade de assistir ao espetáculo. 

A escola Rosalino encerra as apresentações realizadas em escolas públicas de Rondonópolis neste mês de agosto pelo Diverte Teatro Viajante.  Antes as apresentações ocorreram na Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Frei Milton Marques da Silva, na Vila Rica, no dia 3;  na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) José Antônio da Silva, na Vila Cardoso, no dia 4; na EMEF Bonifácio Sachetti, no Parque São Jorge, no dia 5. 

O espetáculo mostra para as crianças, além das medidas de prevenção de contágio do Coronavírus, como a ciência é uma grande aliada no combate à pandemia. “Tratar de uma questão séria de forma lúdica, leve, com uma linguagem simples e muita interação, faz com que o tema seja realmente compreendido pelas crianças”, explica o diretor do projeto, Júlio Martinez. 

Ele lembra que o Coronavírus não acabou totalmente e a convivência com a Covid-19 continuará existindo nas próximas gerações e a ciência e pequenos hábitos são grandes aliados na prevenção desta e de outras doenças.
Para o assessor do departamento de Ensino Fundamental da Semed, Joelson Santos, esta parceria é de extrema relevância ao aprendizado das crianças. “O teatro, além do encantamento da apresentação que estimula a criatividade, é uma ferramenta muito potente capaz de sensibilizar sobre as questões trabalhadas na peça”.

O ESPETÁCULO

Dois divertidos cientistas precisam se isolar em seu laboratório por causa de uma doença que se apoderou das rotinas das pessoas: a covid-19. Durante a peça, eles iniciam um estudo sobre o vírus e, durante essa descoberta, os participantes começam a entender mais sobre a doença, quais são os sintomas e como se prevenir.

O espetáculo mostra para as crianças, além das medidas de prevenção de contágio do coronavírus, como a ciência é uma grande aliada no combate à pandemia. “Tratar de uma questão séria de forma lúdica, leve, com uma linguagem simples e muita interação faz com que o tema seja realmente compreendido pelas crianças”, explica o diretor do projeto, Júlio Martinez.

Fonte: Prefeitura de Rondonópolis

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rondonópolis

Prefeitura promove palestra para pequenos produtores na Exposul

Publicados

em

A Prefeitura de Rondonópolis por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária possibilitou aos produtores da agricultura familiar participarem da palestra “Como obter altas produtividades em HF” realizada nesta terça-feira (9), no Parque de Exposições de Rondonópolis – Wilmar Peres de Farias.

O evento ocorreu em parceria com a empresa Araguaia abordando sobre adubação, pulverização, uso correto de inseticida, entre outros assuntos que visam melhorar a produtividade de hortifrútis dos pequenos produtores da cidade e da região.

“Vamos orientar os produtores como conduzir esse trabalhos no campo, no dia-a-dia. São produtores daqui, Poxoréu, São José do Povo, de todas as regiões daqui que buscam o conhecimento técnico”, pontuou o secretário Adilson do Naboreiro.

A parceria começou com a montagem da horta de apresentação para demonstrar como manter uma família produtora de hortifrútis em um espaço de mil metros quadrados possibilitando uma renda mensal de R$ 5 mil a R$ 10 mil.

A palestrante coordenadora de hortifrúti, Scheila da Rolt, abordou sobre manejo, assistência e desenvolvimento no campo como correção através de análise de solo, utilização de fertilizantes adequados nos estágios de desenvolvimentos certos das plantas visando praticidade e economia, pois alguns produtores utilizam fontes ou doses acima do que a planta necessita e até mesmo em momento inadequado.

“Há nossa responsabilidade social com o produtor de ajudá-lo a produzir mais nas áreas que ele tem, sem precisar de novas áreas de abertura e sem gastar muito”, comentou Rolt.

Fonte: Prefeitura de Rondonópolis

Continue lendo

MAIS LIDAS