65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

Entretenimento

Emily Ratajkowski quase abandonou a carreira: ‘Me sentia um fracasso’

Publicados

Entretenimento


source
Emily Ratajkowski revela que quase desistiu de ser modelo.
Miguel Santana

Emily Ratajkowski revela que quase desistiu de ser modelo.

Emily Ratajkowski, de 30 anos, modelo e atriz, ao comentar sobre o caminho de se tornar uma modelo de sucesso, foi sincera nas suas falas. Onde relata seus sentimentos de impulsividade, autocobrança e autocrítica. Emrata, como é popularmente conhecida, norteamericana nascida em Londres, revela que quase desistiu da carreira de modelo. 

As informações vieram pelo Daily Mail, de uma entrevista de Emily concedida a Harper Bazaar nesta Sexta (21). A carreira da modelo teve inicio aos 14 anos, onde alcançou grandes marcas, casas de moda e ainda nos comerciais dos intervalos do Super Bowl,e ser porta voz de empresas de moda norte americanas. 

Assim a modelo conta que: “Houve muitas vezes em que me sentia um fracasso”.

Leia Também

Leia Também

E continua com: “Sou muito dura comigo mesma em geral”. A modelo, nesse momento, relembra as autocobranças que apareciam no começo de sua carreira, e principalmente quando qualquer situação não saía de acordo com a sua expectativa, como a mesma relata: “Isso acontecia quando eu não passava em uma audição ou, por pouco, não conseguia pegar um job. Eu sentia como se tudo estivesse desmoronando.” 

Emily relata que atualmente possui um controle maior da própria carreira, onde está tranquila de enfrentar as adversidades:  

“O que eu gosto agora é que, na minha carreira, as coisas estão mais nas minhas mãos e no meu controle. As falhas parecem mais como obstáculos do que como grandes perdas e me sinto menos impactada por pessoas que me dizem ‘não’”. 

Ratajkowski deixa como conselho para as pessoas que querem seguir o mesmo caminho que ela, para aprenderem a ter e impor os próprios limites, principalmente numa indústria que não costuma fazer isso por elas. 

A modelo e atriz já possui a quantidade de 28 milhões de seguidores no Instagram, conhecida por participar do filme ‘Garota Exemplar’ (2014). Em março de 2021, deu a luz ao seu bebe Sylvester, o primeiro filho, fruto do casamento com o produtor de cinema Sebastian-Bear-McClard, que firmaram a união na mesma época que realizaram aparições públicas juntos. 

Fonte: IG GENTE

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Entretenimento

Neguinho da Beija-Flor é alvo de racismo por comentarista Zoe Martínez

Publicados

em

Neguinho da Beija-Flor é alvo de racismo
Reprodução/Instagram

Neguinho da Beija-Flor é alvo de racismo


Neguinho da Beija-Flor foi alvo de racismo por parte da comentarista Zoe Martínez, da Joven Pan, nesta quarta-feira, data em que o intérprete da azul e branco de Nilópolis completou 73 anos. Durante o programa “Morining Show”, Zoe afirmou que o sambista é “negro que na escuridão a gente só vê a gengiva”.

+ Entre no  canal do iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

Os convidados do programa debatiam se o caso de Lewis Hamilton e Nelson Piquet é considerado racismo estrutural. O heptacampeão de Fórmula 1 foi chamado de “neguinho” mais de uma vez pelo ex-piloto Nelson Piquet durante uma entrevista ao jornalista Ricardo Oliveira. A entrevista voltou à tona e Neguinho da Beija-Flor ficou entre os tópicos mais comentados do Twitter justamente por conta de pessoas que tentam amenizar a fala de Piquet usando o sambista como exemplo.


Ao ser questionada se o episódio entre Piquet e Hamilton seria considerado racismo estrutural, Zoe disparou: “Então o Neguinho da Beija-Flor também é, né, racista? E olha que ele é negro, negro, que na escuridão a gente só vê a gengiva. E ele tem muito orgulho de ser negro, da cor da pele dele, tanto é que o nome dele é Luiz Antônio, alguma coisa assim, e ele é conhecido como o Neguinho da Beija-Flor porque ele tem orgulho da sua raça. Qual é o problema?”.


“Eu assisti ao vídeo e não vi nada de mais. Ele não falou ‘neguinho’ para atacar, para diminuir. Claro que não, foi uma conversa informal. Quantos ‘neguinhos’ gostam de ser chamados de ‘neguinhos’, com carinho? Qual é o problema disso? Quem vê racismo nesse tipo de fala, da forma que o Piquet colocou, é porque o racismo está nele”, completou.

A escola de samba Beija-Flor de Nilópolis emitiu um comunicado oficial em repúdio aos comentários proferidos contra o artista. “Neguinho não escapa do racismo. Nem aos 73. Nem no dia do próprio aniversário. Por isso, a Beija-Flor de Nilópolis vem a público repudiar as recentes menções ao artista em redes sociais e programa de rádio”, iniciou.

“Elevando o grau do equívoco cometido por internautas, a profissional disse ao vivo: ‘Então, o Neguinho da Beija-Flor também é né? Racista. E olha que ele é negro, negro, assim… Que na escuridão a gente só vê a gengiva. As frases de Zoe revoltam e causam repugnância em familiares e admiradores do aniversariante do dia. O sentimento é o mesmo na escola em que ele construiu a brilhante carreira, reconhecida nacional e internacionalmente”.


+ Siga também o perfil geral do Portal iG no Telegram !

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

MAIS LIDAS