65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

CUIABÁ

Emanuel Pinheiro entrega Vila Cuiabana; cartão postal ganha iluminação especial

Publicados

CUIABÁ


Luiz Alves

Clique para ampliar

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, entregou à população mais um cartão postal, a Vila Cuiabana. A nova estrutura, que integra a Orla do Porto, foi inaugurada na noite de sexta-feira (30) e marca o compromisso da gestão em impulsionar o setor turístico e cultural, mas sempre preservando e respeitando todas as características originais da cenografia que representa as antigas casas cuiabanas. A estrutura dos casarões ganhou iluminação especial, deixando o espaço ainda mais charmoso à visitação.

“Ao assumirmos à administração, nas  vistorias que fizemos, nos deparamos com muitas obras que de péssima qualidade, executadas de forma pífia em um verdadeiro desrespeito ao dinheiro público. A Vila Cuiabana sempre foi um local destinado a potencializar o nosso segmento turístico, mas erguida com  placas de compensado, material que não foi projetado para essa finalidade. Eu determinei a reforma, com alvenaria, garantindo uma estrutura de pelo menos 30 anos. Aquelas cenas de destruição não irão se repetir. A próxima etapa será o conserto do calçamento da via, que também foi entregue, bem distante do que é o ideal”, disse o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro.

“Por vezes, posso parecer até mesmo repetitivo, mas eu não me canso de dizer. Cuiabá está em transformação. As obras são realizadas pelos quatro cantos da cidade. A gestão, em menos de um ano, entregou o viaduto Murilo Domingos, a Estação de Tratamento de Água (ETA SUL), Unidades Básicas de Saúde do Novo Horizonte, Osmar Cabral e Jardim Liberdade, fizemos a licitação e renovamos a frota de transporte público com 144 novos coletivos, que vão atender a população com ar-condicionado em todos os carros. Isso, sem contar com as dezenas de praças revitalizadas ou construídas. É inquestionavelmente, uma gestão que transforma a capital”, reforçou o gestor.

A Vila Cuiabana, na Orla do Porto, foi construída em 2016, mas com uma estrutura feita de madeira de compensado, extremamente frágil. Desde que assumiu a gestão, o prefeito Emanuel Pinheiro, determinou várias  manutenções. Todavia, em razão da fragilidade do material, se fez necessária a substituição por paredes de alvenaria. O investimento para reconstruir um espaço digno à visitação, mantendo a segurança de quem ali está, é de R$ R$ 1.151.791,16.  

“A Vila Cuiabana era um equipamento feito de compensado. No sentido de dar durabilidade e de fazer uma obra que vai durar anos e anos, só precisando pintar, ela foi totalmente refeita de concreto para que daqui a 5 anos a gente não tenha que fazer o mesmo investimento. A população cuiabana recebe um local de turismo, uma obra feita com toda a qualidade e com durabilidade”, explica o vice-prefeito de Cuiabá, José Roberto Stopa.  

Responsável pela coordenação do projeto, o diretor-presidente da Limpurb, Vanderlúcio Rodrigues, agradeceu ao empenho e esforço de toda equipe para a transformação do espaço. Ele pediu ainda que “a população seja ainda mais parceira do Executivo e que auxilie na preservação e denuncie qualquer ato de desrespeito ao patrimônio da cidade”.

O ex-governador Júlio Campos destacou o trabalho que vem sendo executado pela gestão. “Emanuel vem desenvolvendo um trabalho profícuo. Hoje, é uma data histórica. Comemoramos a passagem do ano com essa obra magnífica e o prefeito já anunciou que um pacote de obras será lançado em janeiro. Isso representa o retorno à população do ISSQN, do IPTU, é investimento, responsabilidade”.  

Já o secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Cuiabá, Aluízio Leite, destacou que a reforma é uma verdadeira obra de arte, diferenciada.

“Aqui tem um trabalho de restauração para poder seguir o padrão das antigas construções. Trabalhou-se em um padrão de excelência, respeitando o projeto original. Aqui é um ponto turístico, uma atração  e a Cultura, Trabalho, Turismo Limpurb, queremos ocupar o espaço atrás da construção, que as pessoas venham visitar e tenha uma estrutura para contemplar o rio que dá nome a nossa cidade”.

Participaram ainda da solenidade, secretários municipais, o deputado estadual Paulo Araújo, os vereadores Kássio Coelho, Cézinha Nascimento e  lideranças comunitárias.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CUIABÁ

Lavagem das Escadaria do Rosário promove mensagem de paz e união entre os povos

Publicados

em

Integração cultural, dança, cânticos e muita fé marcaram a 6º edição da Lavagem das Escadarias da Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito. Apoiado pela Prefeitura de Cuiabá, o evento foi realizado neste sábado (25) e reuniu milhares de pessoas que, juntas, mais uma vez levantaram a bandeira pela paz entre os povos e pelo fim da intolerância religiosa.  

A iniciativa já virou uma tradição na Capital e, por toda importância que carrega, em 2018 foi inserida no calendário oficial de eventos culturais de Cuiabá, por meio da Lei 6.304/2018, sancionada pelo prefeito Emanuel Pinheiro. Além disso, também já está em processo de registro no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN-MT). 

“Cuiabá é construída com base na diversidade cultural e também religiosa. Então, esse evento tem como objetivo promover a integração entre todos esses segmentos e reforçar a mensagem de união e respeito. A gestão Emanuel Pinheiro tem sempre buscado dar sua colaboração para que esse tipo de iniciativa aconteça, pois ela resulta na promoção de uma sociedade mais justa e na valorização dos povos que fazem parte da nossa história”, comentou o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Aluízio Leite. 

A celebração afro-cultural simboliza a paz e a fraternidade, reverenciando a ancestralidade e ao santo negro São Benedito. O evento é organizado pela Comissão da Lavagem das Escadarias do Rosário e São Benedito e conta com a participação efetiva da Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer.

A presidente da Comissão da Lavagem, Lindisey de Sá, explicou que para este ano, o evento trouxe como ideia central o lema: “Caminhada da paz, passos que salvam”. Segundo ela, o tema foi pensado levando em consideração o atual cenário mundial, em que a fome, desemprego e guerra entre países tem afligido a humanidade. 

“Precisamos dar os primeiros passos para que isso seja resolvido. Se não dermos o primeiro passo para nos ajudar, não vamos conseguir evoluir. Por isso que pensamos nesse tema. O objetivo do evento é unir todos os povos independentes de religião. Aqui há um movimento cultural onde as pessoas, independentes da sua religiosidade, podem ser quem elas são de verdade”, finalizou Lindisey. 

Continue lendo

MAIS LIDAS