65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

CUIABÁ

Emanuel afirma que atendimentos médicos nas UPAs e Policlínicas da Capital ultrapassaram a marca de 220 mil em seis meses

Publicados

CUIABÁ


Luiz Alves

Clique para ampliar

O prefeito Emanuel Pinheiro afirmou, na noite desta terça-feira (18), durante sua terceira live – transmissão ao vivo, nas redes sociais, que as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e Policlínicas da Capital, realizaram nos últimos seis meses, 226.274 atendimentos médicos à população, uma média diária de mais de 200. O balanço é resultado do investimento maciço que o gestor tem promovido na Saúde Municipal desde que assumiu o Executivo, em 2017. 

O levantamento aponta que de julho a dezembro de 2021, UPA do bairro Morada do Ouro ficou responsável por 47.343 atendimentos, seguida pela do Pascoal Ramos com 43.657 e Verdão, 28.713. 

As Policlínicas tiveram uma expressiva parcela de contribuição na soma. A unidade do bairro Planalto atendeu, no mesmo período, 43.390 pacientes, a do bairro Coxipó, 37.434 e por fim, a do bairro Pedra 90, 25.737.

Já os procedimentos consolidados no mesmo intervalo, como por exemplo, aplicação de curativos e medicações, o número é significativamente maior, passando para 1.739.325. 

Emanuel, além de ampliar os atendimentos na atenção básica de saúde, levando em consideração a pandemia da Covid-19 que ainda pendura no município, entregou, durante os 60 meses de atuação na administração pública, 45 obras, entre elas, construção, reforma e ampliação das unidades.

Pautado por uma gestão ética, transparente e que tem como prioridade aplicação correta dos recursos públicos em prol do bem estar e qualidade de vida do povo cuiabano, o prefeito reiterou que tem trabalhado incessantemente, juntamente com sua equipe de governo, em busca de melhorias no Sistema Único de Saúde (SUS) da cidade, virando a página do descaso.

“Eu sigo avançando e tento reestruturar esse grau de injustiça que chegou Cuiabá.  Ao longo de décadas,  o que se viu é uma saúde pública, falida, deteriorada, acabada. Feita para não funcionar e enfrentamos tudo isso, com apoio da Câmara Municipal de Cuiabá, dos vereadores do bem, do Conselho de Saúde. Estamos reconstruindo, excluindo mazelas e vamos melhorar e humanizar ainda mais a saúde pública de Cuiabá. Por isso, nosso compromisso tem que ser redobrado, trabalhando de manhã, de tarde e de noite”, declarou. 

Preocupado com os trabalhadores, o prefeito implantou o programa Hora Estendida, que estabelece o funcionamento em quadro unidades de saúde, sendo elas, Clínica da Família do CPA I, Centro de Saúde do Tijucal, Parque Ohara e Residencial Ilza Terezinha Picolli Pagot, das 08h às 21h. 

Vacina 

Desde que começou a vacinação em massa contra o coronavírus, em Cuiabá, a campanha já alcançou quase 1 milhão pessoas, ente a  primeira, segunda e dose de reforço. Neste sábado (15) foi aberto o pré-cadastro para vacinação das crianças de 5 a 11 anos. As aplicações começam nesta quinta-feira (20), de acordo com o cronograma previamente estabelecido. 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CUIABÁ

Prefeitura de Cuiabá realiza ação de combate ao trabalho infantil na feira livre do CPA III

Publicados

em

A Prefeitura de Cuiabá, via Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, realizou, na noite de sexta feira (24), uma grande mobilização popular de combate ao trabalho infantil na feira livre do bairro CPA III, Região Norte do município. 

A ação de conscientização pertence a ampla programação idealizada pela Gestão Emanuel Pinheiro com a finalidade de exterminar práticas desta natureza na sociedade, bem como alertar a população sobre as consequências devastadoras e irreparáveis ocasionadas nas vítimas. No local foram distribuídos folhetos informativos, banners e orientações sobre o tema, sensibilizando os comerciantes e visitantes sobre a importância de defesa da causa, seguindo as diretrizes do Programa Nacional de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI). 

A coordenadora do PETI no município, ligada ao Executivo Municipal Rute Merle, afirmou que as iniciativas nesses locais, onde há uma intensa movimentação de pessoas, tiveram início no ano passado e, desde então, passaram a fazer parte do cronograma anual. “Tendo em vista que dentro da agricultura familiar existe um número alto de crianças e adolescentes trabalhando, ainda que seja com seus familiares, porém, não deixa de ser um trabalho que prejudica, principalmente, o desenvolvimento das crianças durante à infância, respectivamente. Somos muito bem recebidos em cada uma das feiras e vamos continuar levando a mensagem e fazendo a nossa parte enquanto representantes do Poder Público”, disse. 

O conselheiro tutelar, Osvir Leite, enfatizou que a presença da equipe em ocasiões como esta é pautada por uma atuação informativa, contribuindo para diminuição dos índices atuais. “Estamos conversando, ouvindo e dialogando de forma passiva, orientando as pessoas para se renderem à essa realidade que ainda persiste nos dias atuais”, completou. 

A moradora Andréia Arruda, elogiou o empenho da Gestão Emanuel Pinheiro em levar o assunto para às ruas da cidade. “Sou contra o trabalho infantil, pois tudo tem seu tempo e hora certa. Tudo que é feito corretamente faz bem para todo mundo”, acrescentou. 

No Brasil, é considerado trabalho infantil toda forma de trabalho exercida por crianças e adolescentes, de ambos os sexos, abaixo da idade mínima legal permitida de 16 anos, exceto perante a condição de admissão em caráter de aprendiz, a partir dos 14 anos completos. 

O encerramento das ações está marcado para acontecer na próxima quarta-feira (29), nas instalações do Mercado do Porto, com início previsto para às 09 horas. Contudo, os munícipes podem ser um potente agente inibidor de ocorrências desta natureza. Para colaborar é bem simples, ao presenciar casos como este, basta entrar em contato pelo Disque 100 ou pelo telefone: (65) 99206-6741 (Conselho Tutelar Plantão). 

Continue lendo

MAIS LIDAS