65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

Policial

Diretoria Geral e Prefeitura de Colíder discutem sobre projeto da nova delegacia para o município

Publicados

Policial


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A Diretoria da Polícia Civil se reuniu nesta semana com gestores da Prefeitura de Colíder para tratar sobre a construção da nova delegacia do município.

No encontro realizado na quarta-feira (19), o delegado-geral adjunto, Gianmarco Paccola e o diretor de Interior, Walfrido Nascimento, receberam o prefeito de Colíder, Hermerson Máximo (Maninho) e o secretário de Comunicação, Ed Motta. A proposta para a construção da nova delegacia foi discutida também com a equipe da Diretoria de Execução Estratégica (DEE).

“Uma parceria importantíssima, que fortalece a atuação do Estado e a melhoria na prestação de serviços e de um ambiente de mais qualidade para servidores e população”, destacou o delegad-geral adjunto.

De acordo com a delegada Ana Paula Faria Campos, da DEE, a Prefeitura de Colíder fará o projeto executivo da nova unidade, que passará pela análise da equipe de engenharia da Polícia Civil, assim como a área que será doada pela Prefeitura.

Após a construção, a Polícia Civil ficará responsável pela informatização da unidade e instalação de rede lógica e mobiliário.“Vamos organizar toda a parte de terrenos, infraestrutura e demais parcerias para construir em definitivo o novo prédio para a Delegacia da Polícia Civil de Colíder”, disse o prefeito.

O projeto prevê uma unidade moderna, ampla e com estrutura adequada em conformidade com as necessidades de uma delegacia da Polícia Civil.

Também participaram da reunião a delegada de Colíder, Paula Araújo e a delegada regional de Alta Floresta, Ana Paula Reveles.

Fonte: PJC MT

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Cinco pessoas são presas pela PM e mais de 100 porções de drogas apreendidas em Cuiabá

Publicados

em

Policiais militares prenderam em flagrante quatro homens, com idades entre 26 e 62 anos, por tráfico ilícito de drogas e apreenderam mais de 100 porções de substância análoga a cocaína, no final da noite desta sexta-feira (24.06), em Cuiabá. Ainda na ocorrência, uma mulher de 26 anos foi presa por ameaça e desacato, e mais de R$ 4,2 mil em dinheiro foram apreendidos.

Conforme o boletim de ocorrência, por volta de 23h40, durante patrulhamento tático pela Operação Impactus, as equipes formadas pelo Grupo de Apoio (GAP) do 24º Batalhão da PM e do 10º Estágio de Qualificação de Sargentos (EQS) visualizaram um homem arremessando alguns pacotes para dentro de um estabelecimento, e uma segunda pessoa tentando guardar um carro no local.

De imediato foi iniciado procedimento de abordagem aos suspeitos, sendo encontrado com um dos homens três porções pequenas de cocaína. Em checagem ao veículo que o segundo suspeito tentava guardar, foram visualizadas uma porção grande de maconha e diversas porções de cocaína, que foram apreendidas.

No local, os policiais militares também abordaram outros dois homens, ligados aos criminosos que já haviam sido detidos. Em revista pessoal ao terceiro suspeito, foi encontrado a quantia em dinheiro de R$ 4.239,00 reais. 

Questionado sobre o valor, o homem revelou que o montante era proveniente de golpes de vendas por aplicativos, que eram realizados junto com um quarto suspeito, que também foi abordado e detido pela PM.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, no momento da condução dos quatro suspeitos, uma mulher, que seria esposa de um dos homens, apareceu em uma motocicleta Biz e começou a desacatar e ameaçar os policiais militares que realizavam a ação. 

Em revista aos documentos pessoais da suspeita, foi verificado que ela não possuía CNH e que a motocicleta estava sem licenciamento, tendo sido a mulher também detida e o veículo apreendido.

Diante dos fatos, os cincos suspeitos foram encaminhados para a Central de Flagrantes junto com todo o material apreendido, para registro da ocorrência e demais providências cabíveis referentes ao caso.

Disquedenúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Fonte: PM MT

Continue lendo

MAIS LIDAS