65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

Direitos Humanos

Detran abre novo posto de identificação para recém-nascidos no Rio

Publicados

Direitos Humanos

Os bebês que nascem no Hospital Rocha Faria, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, podem sair da maternidade com o registro civil, certidão de nascimento e carteira de identidade. O Departamento de Trânsito do Rio (Detran-RJ) abriu novo posto de identificação civil para recém-nascidos no hospital.

O posto é resultado de parceria do Detran-RJ com o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro e com a prefeitura carioca. O objetivo é evitar o sub-registro civil de nascimentos no estado. 

Segundo o Detran-RJ, a previsão é que outras maternidades passem a oferecer o serviço de identificação civil nos próximos meses. Os pais que não possuírem o documento de identidade também serão atendidos para emissão do RG, seja primeira ou segunda via. 

A maternidade do Hospital Rocha Faria é referência para gravidez de alto risco na região e é a segunda maior em número de nascimentos na cidade. Nela, são realizados, em média, 450 partos por mês. 

Outras maternidades no estado já contam com postos de identificação civil do Detran-RJ. É o caso da Maternidade Municipal Maria Amélia, no Centro do Rio, que foi o primeiro local escolhido para retomada do serviço de identificação civil para recém-nascidos, numa parceria com o município do Rio. Em Nova Iguaçu, a única maternidade pública do município, a Mariana Bulhões,  também oferece o serviço. 

*Estagiária sob supervisão de Vitor Abdala

Edição: Lílian Beraldo

Fonte:

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Direitos Humanos

Ministra da Mulher visita agência onde funcionará Caixa Pra Elas

Publicados

em

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Cristiane Britto, visitou na tarde desta terça-feira (9) uma agência da Caixa, no bairro do Cambuci, na zona sul da capital paulista, onde funcionará uma das unidades do Caixa Pra Elas. Trata-se de um programa de educação financeira e orientação sobre prevenção à violência contra a mulher.

O Caixa Pra Elas vai disponibilizar atendimento em todas as unidades do banco por empregados especializados. Ainda neste mês, mil agências da Caixa já terão o espaço destinado ao programa. “Se a mulher tiver alguma dúvida, se estiver sofrendo algum tipo de violência, ela vai encontrar nesse espaço uma orientação sobre os canais de denúncia, sobre uma rede de proteção. Isso é uma parceria entre o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos com a Caixa”, destacou a ministra após a visita.

Também participaram da visita à agência o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, e o ministro de Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim.

O programa irá fornecer ainda informações para as mulheres sobre empreendedorismo, bem como sobre formalização da microempresa individual (MEI). O atendimento é oferecido a todas as mulheres, clientes da Caixa ou não.

Os endereços das unidades com espaço Caixa Pra Elas e as condições dos produtos e serviços podem ser consultados aqui.

Edição: Nádia Franco

Fonte:

Continue lendo

MAIS LIDAS