65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

Esporte

Corinthians atropela Santos e abre boa vantagem na Copa do Brasil

Publicados

Esporte

O Corinthians abriu ótima vantagem no confronto diante do Santos pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (22), o Timão goleou o Peixe por 4 a 0 na Neo Química Arena, em São Paulo, no duelo de ida do confronto que vale um lugar nas quartas de final. Foi a primeira vitória corintiana em um clássico na temporada.

O Alvinegro da capital paulista avança à próxima fase mesmo se perder por três gols de diferença no jogo de volta, marcado para o dia 13 de julho, outra quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro, em Santos (SP). O Peixe necessita vencer por cinco ou mais gols no tempo normal para se classificar. Se o Alvinegro Praiano igualar o placar agregado, a vaga será definida nos pênaltis.

O duelo serviu, também, como prévia do clássico entre ambos pelo Campeonato Brasileiro. As duas equipes voltam a se encarar neste sábado (25), às 19h, outra vez na Neo Química Arena, pela 14ª rodada.

O Santos foi melhor nos primeiros dez minutos do clássico. A partir daí, o Corinthians dominou as ações da etapa inicial. Aos 19 minutos, o lateral Lucas Piton recebeu do atacante Willian e cruzou pela esquerda. A bola atravessou parte da área e o meia Gustavo Mantuan apareceu para concluir de primeira e abrir o placar.

Aos 27, Willian lançou Fagner pela direita. O lateral achou o volante Du Queiroz, que finalizou no meio da área. O chute desviou no meia Giuliano e foi para as redes do goleiro João Paulo. Amplamente superior, o Timão fez o terceiro aos 42 minutos, com o zagueiro Raul Gustavo, de cabeça, após escanteio batido por Willian.

No segundo tempo, o Corinthians diminuiu o ritmo, mas continuou mais perigoso. Aos 11 minutos, o árbitro Marcelo de Lima Henrique deu pênalti do zagueiro Kayky em Róger Guedes, mas voltou atrás ao revisar o lance e perceber a simulação do atacante. O mesmo VAR, porém, recomendou a expulsão de Vinícius Zanocelo cinco minutos depois, após disputa com Lucas Piton. Após analisar a jogada no vídeo, o árbitro entendeu que o volante acertou uma cotovelada no lateral e deu cartão vermelho ao santista.

Com um a menos, o Peixe se lançou ao ataque para diminuir o prejuízo, sem grandes riscos para o Corinthians. O Timão, por sua vez, ainda conseguiu aumentar a fatura com Giuliano. Aos 31 minutos, o meia ficou com a sobra de um escanteio e concluiu próximo à marca do pênalti, livre de marcação, definindo o marcador na Neo Química Arena.

Edição: Fábio Lisboa

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esporte

Athletico-PR supera Bragantino e sobe para 3º lugar no Brasileirão

Publicados

em

O Athletico Paranaense venceu o Red Bull Bragantino por 4 a 2  na Arena da Baixada, em Curitiba, ultrapassou o Internacional e assumiu o terceiro lugar na classificação geral da série A do Campeonato Brasileiro. Após o triunfo na 14ª rodada, o Furacão chegou a 24 pontos, e está atrás apenas do Corinthians (25) e do líder Palmeiras (28). Já o Massa Bruta segue na 10ª posição, com 18 pontos.

Os donos da casa dominaram o primeiro tempo, abrindo vantagem de vantagem de 3 a 0. Logo aos quatro minutos, o volante Erick aproveitou o cruzamento de Vitor Bueno pela esquerda e cabeceou para o fundo da rede, deixando o goleiro Cleiton vendido. Na sequência, aos 15, veio o segundo do Furacão em nova jogada do meia Vitor Bueno: dentro da área ele cruzou, a zaga ainda cortou, mas a bola sobrou para Orejuela marcar. Seis minutos depois,foi a vez de Rômulo brilhar em jogada individual e marcar o terceiro: após roubar a bola, o atacante disparou do meio de campo até entrar na área e bater rasteiro. O goleiro Cleiton falhou e o Furacão foi para o intervalo com larga vantagem. 

No segundo tempo, o Bragantino tentou mudar a história do jogo. Aos nove minutos, o goleiro Bento espalmou uma bola venenosa em cobrança direta de falta de Luan Cândido. A bola ainda sobrou para Hyoran, mas ele chutou por cima do gol. Aí quem acabou marcando foi o Furacão, que ampliou o placar para 4 a 0 com o volante Hugo Moura. Após contra-ataque, ele disparou uma bomba certeira de fora da área, sem chance para o goleiro Cleiton. 

Mesmo atrás no placar, o Massa Bruta não esmoreceu e conseguiu mitigar o prejuízo. Aos 33 minutos, o Bragantino fez o primeiro: após receber passe de Miguel, o lateral esquerdo Luan bateu cruzado. Três minutos depois, Lucas Evangelista chutou reasteiro e fez o segundo do Bragantino. A equipe do interior paulista até tentou diminuir mais o placar, mas a vitória ficou mesmo com os donos da casa. 

 O próximo compromisso do Furacão será pelas oitavas de final da Copa Libertadores, jogando em casa – jogo de ida – contra o Libertad (Paraguai). Já o Bragantino folga a próxima semana e só volta a campo no dia 4 de julho, contra o Botafogo, no estádio Nabizão, pela 15ª rodada do Brasileirão.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Continue lendo

MAIS LIDAS