65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

Rondonópolis

CEDERO realiza ação alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Colesterol

Publicados

Rondonópolis

Por orientação da Secretaria Municipal de Saúde, o CEDERO – Centro de Diabetes e Endocrinologia de Rondonópolis, realizou nesta sexta-feira (5) uma ação de orientação, prevenção e combate ao colesterol na Praça dos Carreiros, alusiva ao “Dia Nacional de Combate ao Colesterol”, comemorado oficialmente no dia 08/08.

Por se constituir num terminal de coletivo urbano, a praça foi escolhida pelo volume de pessoas que circulam e transitam no local, o que facilita a difusão de informações nas ações de divulgação de campanhas de saúde de cunho nacional e ou internacional. 

Equipe da unidade de saúde Cedero…

Por esta razão, equipes da unidade de saúde, lideradas pelo diretor do Cedero, Dr. Arthur Emílio Vieira realizaram a chamada busca ativa da população, abordando e orientando as pessoas sobre os perigos e malefícios do colesterol alto, relacionados a doenças endócrinas ou cardiovasculares, como infartos, AVCs entre outros, e faziam aferição de pressão arterial, repassavam dicas e maneiras de controlá-lo; cuidados pessoais com a alimentação, sugeriam exames regulares de controle; e, a prática de atividades físicas regulares, como caminhadas, entre outros.

Nos casos de pessoas que apresentaram o exame de colesterol, os técnicos avaliavam, e de acordo com a necessidade repassavam as orientações específicas de cada caso. E, as pessoas que por ventura estavam há um longo tempo (até de vários anos) sem realizar exames para a aferição do colesterol, os técnicos/médicos, já faziam o pedido e o encaminhamento para uma unidade básica de saúde para realização de exames lipidograma completo.

Faixas de alerta…

Conforme o diretor, o objetivo do Centro é orientar, prevenir, e proporcionar um serviço de saúde de qualidade à população, começando com a difusão de orientações preventivas, e posteriormente curativas, se necessário.

O QUE É O COLESTEROL
Conforme definições médicas do Ministério da Saúde, o colesterol é um conjunto de gorduras necessário para o organismo exercer algumas funções, como a produção de determinados hormônios. Portanto, precisamos dele, mas é preciso ingeri-lo de forma equilibrada para manter as taxas regulares. 

Ainda segundo o MS, há dois tipos de colesterol: o HDL, considerado “colesterol bom”, e o LDL, denominado de “colesterol ruim”. Cada grupo pode contribuir para a redução ou aumento dos índices. Quando em desequilíbrio no organismo, o colesterol torna-se fator de risco vascular, e aumenta a incidência de AVC, de morte súbita e doença coronariana. 

As doenças cardiovasculares são as principais responsáveis pelos óbitos registrados anualmente no Brasil. O desenvolvimento dessas doenças está associado a diversos fatores de risco, tais como: obesidade, aumento do colesterol, pressão alta, diabetes e tabagismo, que podem ser controlados com alimentação saudável e prática de atividades físicas. 

Além desses fatores, a hereditariedade pode determinar um colesterol alto mesmo em pessoas que tenham hábitos saudáveis, por isso, além da prática de atividade física e da alimentação equilibrada é importante verificar regularmente as taxas de gordura no sangue e, se necessário, utilizar medicamentos sob prescrição e acompanhamento médico.

Segundo o diretor do CEDERO outras ações orientativas e preventivas ainda serão realizadas este ano na cidade, e serão divulgadas adequadamente no devido tempo.

Fonte: Prefeitura de Rondonópolis

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rondonópolis

Prefeitura promove palestra para pequenos produtores na Exposul

Publicados

em

A Prefeitura de Rondonópolis por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária possibilitou aos produtores da agricultura familiar participarem da palestra “Como obter altas produtividades em HF” realizada nesta terça-feira (9), no Parque de Exposições de Rondonópolis – Wilmar Peres de Farias.

O evento ocorreu em parceria com a empresa Araguaia abordando sobre adubação, pulverização, uso correto de inseticida, entre outros assuntos que visam melhorar a produtividade de hortifrútis dos pequenos produtores da cidade e da região.

“Vamos orientar os produtores como conduzir esse trabalhos no campo, no dia-a-dia. São produtores daqui, Poxoréu, São José do Povo, de todas as regiões daqui que buscam o conhecimento técnico”, pontuou o secretário Adilson do Naboreiro.

A parceria começou com a montagem da horta de apresentação para demonstrar como manter uma família produtora de hortifrútis em um espaço de mil metros quadrados possibilitando uma renda mensal de R$ 5 mil a R$ 10 mil.

A palestrante coordenadora de hortifrúti, Scheila da Rolt, abordou sobre manejo, assistência e desenvolvimento no campo como correção através de análise de solo, utilização de fertilizantes adequados nos estágios de desenvolvimentos certos das plantas visando praticidade e economia, pois alguns produtores utilizam fontes ou doses acima do que a planta necessita e até mesmo em momento inadequado.

“Há nossa responsabilidade social com o produtor de ajudá-lo a produzir mais nas áreas que ele tem, sem precisar de novas áreas de abertura e sem gastar muito”, comentou Rolt.

Fonte: Prefeitura de Rondonópolis

Continue lendo

MAIS LIDAS