65 99230 9678 | 65 3055 2070

CUIABÁ

PRF MT

Carga de madeira ilegal é apreendida sem a devida documentação

Publicados

PRF MT


No dia 24 de janeiro a PRF abordou uma combinação de veículos de carga, conduzida por um homem, carregada com madeira.

Solicitado os documentos fiscais e ambientais, o condutor apresentou uma Nota Fiscal, como sendo 20 m³ de madeira manufaturada – o que, em tese, dispensaria a respectiva guia florestal. No entanto, em fiscalização à carga transportada, constatou-se haver aproximadamente 38,4 m³ (medição verificada após descontos) de madeira serrada em meio a uma pequena quantidade de portal (manufaturado).

Os policiais realizaram análise preliminar da carga, que apresentava características da essência, com perfis de corte de produto florestal processado. Diante das irregularidades, o condutor e o proprietário do caminhão praticaram fatos que, a princípio, se enquadram como crime ambiental e infração administrativa ambiental. O condutor assinou termo de compromisso e comparecimento do autor em juízo.

Fonte: PRF MT

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PRF MT

PRF apreende drogas que estavam escondidas em pneu de caminhão

Publicados

em

Ontem (23), a Polícia Rodoviária Federal realizou uma apreensão de drogas no município de Rondonopolis/MT. A situação ocorreu quando uma equipe da PRF junto ao Grupo de Operações com cães deu ordem de parada a um caminhão, o qual era conduzido por um homem. 

Durante a fiscalização, o motorista foi questionado sobre origem e destino da viagem, alegou estar vindo do interior do MT com destino ao estado de São Paulo, onde iria fazer um frete. 

Além disso, alegou que estava trabalhando com transporte de maquinas, porém não sabia informar o nome da empresa.

Diante do nervosismo do condutor e das informações contraditórias, foi realizada uma fiscalização minuciosa com ajuda com do cão farejador K9 Rango, o qual indicou que havia presença de substância entorpecente nos pneus do veículo. 

Com isso o motorista acabou afirmando que carregava drogas. Foi necessário levar o caminhão até uma borracharia para que pudesse retirar a droga dos pneus, 193 tabletes de pasta base de cocaína, cerca de 200 kg da substância ilícita. 

Foi constatado, ainda, que o caminhão tinha indícios de adulteração de sinal identificador. Indagado, o motorista disse que não sabia da procedência do caminhão.

Com tudo isso, o homem foi detido, a princípio, pelo crime de tráfico de drogas e adulteração de sinal identificador de veículo automotor, sendo encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

Fonte: PRF MT

Continue lendo

MAIS LIDAS